(45) 3277 2722 // 3252 5991
Avenida Egydio Geronymo Munaretto, 3601
Jd. Panorama - CEP 85910-320 - Toledo - PR

A tuberculose bovina é uma doença causada por Mycobacterium bovis que afeta, principalmente, bovinos e búfalos. Ela se torna crônica nos animais e é transmissível para o homem.

Nos bovinos, a doença causa lesões em diversos órgãos e tecidos, como pulmões, fígado, baço e até nas carcaças. Podem ser encontradas também lesões no úbere das vacas. Dependendo da fase da infecção, os animais podem exibir emagrecimento acentuado e tosse, mas, muitas vezes, as alterações da tuberculose não são perceptíveis aos produtores.

A doença causa diversos prejuízos ao pecuarista, dentre eles a queda na produção de leite. Em casos avançados de tuberculose, há perdas também na produção de carne. Outra perda relevante refere-se à condenação de carcaças com lesões de tuberculose no abatedouro. 

Não existe vacina nem tratamento para a tuberculose bovina, portanto a prevenção da entrada da doença é a chave do controle.

O produtor deve ter o cuidado de adquirir apenas animais negativos ao teste intradérmico para tuberculose. Quando os animais não tiverem esse teste, o produtor deve solicitar o exame a um médico veterinário habilitado antes de realizar a compra.

 

Nas propriedades onde é detectada a doença os animais devem ser sacrificados em 30 dias. É uma doença que não tem cura.

 

Se a doença for detectada, o pecuarista deve submeter o rebanho ao teste feito por veterinário. O bovino que obtiver resultado positivo deve ser marcado com a letra “P” no lado direito da face.

 

Após marcar os animais positivos (infectados pela tuberculose bovina), o pecuarista deve notificar a vigilância sanitária e sacrificar esses animais (prazo de 30 dias) em estabelecimento indicado pelo serviço de defesa oficial federal ou estadual.

O pecuarista que possuir animais infectados pela tuberculosa bovina deve seguir criteriosamente a normativa do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal com a identificação e eliminação de animais infectados.